Como fazer um plano de saúde individual?

Como fazer um plano de saúde individual?

Hoje em dia, ter um plano de saúde no Brasil se tornou uma grande necessidade. Isso porque, já não é mais seguro contar apenas com o sistema de saúde pública do país. Diante desse cenário, portanto, o plano de saúde individual muitas vezes acaba se mostrando uma boa opção. 
 
Se você não tem e não sabe como fazer esse tipo de plano de saúde, portanto, é hora de conferir as dicas e informações sobre o assunto. Confira!

Porque devo contratar um plano de saúde individual?

Ter um plano de saúde hoje e dia é algo primordial, pois a saúde pública vai de mal a pior. Prova disso é que, para marcar um simples exame pelo SUS, é necessário enfrentar uma enorme burocracia. 

Infelizmente, a outra opção também é pouco atrativa, afinal, em um hospital ou laboratório particular o custo é absolutamente elevado. A saída nessas circunstâncias, portanto, é o plano de saúde, que proporciona maior segurança nos cuidados com o bem-estar do corpo. 

Contratando um serviço individual, o contratante paga um valor mensal e recebe descontos ou até isenção de pagamento em muitos procedimentos relacionados à saúde. 

O que considerar?

Os planos de saúde são trabalhados a fim de atender as necessidades de diferentes tipos de pacientes. Diante disso, antes de contratar um, procure saber se ele atende suas necessidades, observando a cobertura oferecida.

Isso porque, algumas opções se focam apenas em consultas particulares, mas não oferecem cobertura para tratamentos e eventuais cirurgia. 

Em função desse cenário, ao negociar o plano de saúde procure fazer as perguntas certas. Isso inclui as mais importantes, como preço, carência para validade e a já mencionada cobertura. 

Tipos de contratação

É possível que haja variação na hora de contratar os planos. Isso porque alguns podem considerar a existência de vínculo com empresas ou se o contratante possui dependentes.

No caso do plano de saúde individual ele é restrito apenas a uma pessoa, por isso, é importante notar se esse é mesmo a melhor escolha para o seu caso. 

Plano ideal

Para fazer um plano de saúde individual, a escolha deve passar também pelo entendimento dos critérios necessários para essa contratação. 

Uma dica importante é fazer uma pesquisa antes para conhecer a operadora, assim saberá se ela possui registro, qual a sua rede credenciada, os valores e a cobertura.

Antes de fechar um contrato, procure fazer uma cotação completa, assim poderá identificar o custo-benefício de cada serviço. Nessa cotação leve em conta o valor do plano, disponibilidade, cobertura e os tipos de procedimentos que ele cobre.

Faça bem a comparação no que diz respeito aos valores e aos serviços oferecidos, assim poderá fazer a melhor escolha, focando sempre nas necessidades pessoais.

Elimine as dúvidas antes de fechar o contrato

Antes de fechar contrato é importante que o consumidor tenha certeza do que vai adquirir. Se não conhece sobre o assunto, saiba que é possível se enganar ao receber informações equivocadas. 

Por isso é importante perguntar tudo o que considerar relevante. A lista inclui informações sobre possibilidade de troca de plano e cancelamento, dentre outras coisas.

Só feche o contrato quando não existirem mais dúvidas sobre o assunto. Uma dica para quem não conhece bem do assunto é contratar uma empresa que possa te orientar, pois os profissionais poderão ajudar a encontrar o melhor plano que atenda suas necessidades.

Agora que você já tem uma noção de como contratar um plano de saúde individual, procure o que possui um custo-benefício adequado para que a saúde deixe de ser uma grande preocupação na vida.

Outras informações importantes sobre o assunto

Para usufruir dos benefícios de seu plano de saúde é importante ter em mãos sua carteirinha de associado. Ela normalmente é emitida após a assinatura do contrato e surge com o nome do associado e número de contrato.

Em alguns casos é possível que a consulta seja agendada no próprio consultório médico. Já em outros é necessário ligar para central de atendimento da operadora do plano para que eles possam realizar esse agendamento.

De acordo com a Agência Nacional de Saúde, os procedimentos médicos contam com um prazo para serem atendidos e as operadoras devem cumprir esse prazo.

Isso não significa que esse prazo será pequeno no caso de haver demanda por um médico específico. Se deseja se consultar com um determinado médico em particular isso pode levar até dois meses, do contrário, se puder ser outro médico o prazo é de uma semana.

Após o agendamento da consulta, é indicado chegar ao local indicado com antecedência ao horário marcado. Além disso, é preciso que se tenha em mãos a carteirinha do convênio e o documento de identidade.

É possível que o médico ou recepcionista peça uma assinatura em um documento, pois isso indicará que esteve presente na consulta. Nos casos de exames laboratoriais, é necessário um encaminhamento médico solicitando o exame, por isso é importante a consulta.

Alguns locais realizam os exames com horário marcado, já outros realizam de acordo com horário de chegada. Procure ficar atento ao tipo de exame solicitado pelo médico, pois alguns necessitam de liberação, seja por guia emitido ou código emitido pela operadora.

Caso seja necessária a liberação, procure recebê-la antes de agendar o exame. É muito comum que na mesma guia o médico peça mais de um exame, e cada um possui um valor diferente. 

Para não ter uma surpresa na fatura do plano de saúde, procure ficar atento aos tipos de exames solicitados.

Em casos de urgência e emergência o indicado é se dirigir a um pronto socorro da rede credenciada, assim o paciente passará por uma triagem a fim de verificar o grau de urgência. 

É sempre bom lembrar também que, ter um plano de saúde particular não significa atendimento imediato, respeite a fila de urgência e a ordem de chegada

Não importa o tipo de atendimento necessário, sempre será preciso apresentar a carteirinha de identificação, que por sua vez deve acompanhar um documento com foto. Isso é fundamental para que o paciente seja atendido.



VOLTAR