Como contratar um plano de saúde individual?

Como contratar um plano de saúde individual?

Contratar um plano de saúde sempre foi uma necessidade, mas hoje essa necessidade aumentou gradativamente.

Parece que, com o passar dos anos, a situação do Sistema único de Saúde (SUS) pirou e obviamente não consegue atender todos os necessitados em tempo hábil que usufruem do Sus. Mas muitos ainda têm dificuldade em saber como contratar um plano de saúde individual.

A verdade é que se você estiver em estado crítico, dificilmente você pode contar com o SUS, normalmente se demora meses para marcar um exame simples, imagina algo mais sério. Vemos facilmente pessoas esperar, pelo menos, um mês para marcar um exame simples como oftalmologia, por exemplo.

Imagina aquelas pessoas que precisam de consultas com mais urgência e para aquelas especialidades mais procuradas, como um neurologista.

Tem gente que chega a esperar 6 meses, e até mais, por uma consulta. Mas qual é a alternativa, já que uma consulta com neurologista pesa no bolso.

É por isso que, mais do que nunca, é preciso se contratar um plano de saúde. Pode pesar um pouco no bolso, pois ainda não nos recuperamos dos tempos de crise, mas as vezes é preciso fazer alguns sacrifícios, ainda mais se estes são sacrifícios em prol da nossa saúde.

Como contratar um plano de saúde individual?

Você já tem ciência da importância de um plano de saúde, mas ainda tem muitas dúvidas como, por exemplo, como contratar um plano de saúde individual?

Mas, antes de você receber dicas de como contratar um plano de saúde individual você sabe o que é um plano de saúde individual?

Como o próprio nome já diz, o plano de saúde individual é um plano voltado para uma única pessoa, ou seja, você não pode compartilhar esse plano com outra pessoa.

E não é só isso, é preciso estar atento às opções, pois existem muitas no mercado, o ideal é escolher aquela que mais combina com o seu perfil.

Por exemplo, dentro dos planos de saúde individual existem planos com e sem coparticipação. Um plano de saúde sem coparticipação quer dizer que você pagará um valor mais elevado mensalmente. Por outro lado, ao contratar um plano desses não será preciso pagar taxas extras na hora de utilizar certos serviços

Já os planos com coparticipação possuem taxas de serviço, e a mensalidade pode ser por mês ou anual. Sem contar outras questões, como acomodações em casa de internação, entre outros.

Dicas de como contratar um plano de saúde individual

De acordo com suas necessidades

Agoras que você já sabe o que é o plano de saúde individual e a versatilidade que ele tem, vamos algumas dicas que vão facilitar na hora de como contratar um plano de saúde individual.

A primeira dica de como contratar um plano de saúde individual é escolhendo aquele que melhor se encaixe com suas necessidades, como já foi dito. Antes de qualquer coisa, avalie as suas necessidades. Por que você precisa de um plano de saúde naquele momento?

Assim que descobrir suas reais necessidades, como contratar um plano de saúde individual ficará muito mais fácil. O legal é que você pode customizar o seu plano de acordo com essas suas necessidades. Além disso, você só paga por aquilo que usar.

Cobertura geográfica

É preciso também ficar atento ao atendimento geográfico ao como contratar um plano de saúde individual. Isso porque se você for do tipo de pessoa que viaja muito, obviamente será importante você ter atendimento em outros estados ou países.

Por isso, na hora de contratar o seu plano veja qual delas será interessante contratar: regional, nacional ou internacional.

Escolha aquele que combine mais com o seu estilo de vida. Se você não viaja muito ou não viaja, um nacional ou até mesmo um regional é mais que suficiente.

Rede credenciada

É importante também ficar atento às redes credenciadas antes de contratar um plano de saúde. Faça questão de consultas a lista de clínicas, hospitais, laboratórios e médicos que aceitem o convênio que você pretende contratar.

Imagina se você contratar um plano de saúde que só é aceito na cidade vizinha, com certeza não será viável para você. Por isso, uma das dicas de como contratar um plano de saúde individual é checar toda a rede credenciada do plano contratado.

Coparticipação

E, mais uma vez, voltamos ao assunto de coparticipação. Mais acima explicamos a diferença entre um plano de saúde com e sem coparticipação. Como ainda estamos nos recuperando de anos de crise, pode ser que um plano de saúde com coparticipação seja mais interessante para você, no momento.

Com um plano de coparticipação você paga uma mensalidade muito menor e você paga um percentual pelas consultas e exames realizados. Pode não parecer tão vantajosos no começo, mas de início pode ser a melhor opção para você.

Lembre-se, uma dica fundamental de como contratar um plano de saúde individual, além de suas necessidades, é o seu bolso. Não adianta contratar algo que você não vai conseguir pagar no futuro. Mesmo porque o intuito é manter o plano de saúde.

Peça ajuda Agência Nacional de Saúde (ANS)

Pedir aquela ajuda à ANS é uma boa opção para como contratar um plano de saúde individual. Você pode verificar a situação do plano junto à agência.

Atenção ao contrato

Claro que uma das dicas fundamentais de como contratar um plano de saúde individual é ficar atento ao contrato. Leia muito bem antes de assinar, e aproveite também o momento de assinatura para tirar todas as suas dúvidas com corretor. Não tenha medo de perguntar até ter suas perguntas todas respondidas.

Afinal de contas, você está pagando por aquilo.

É isso, talvez nossas dicas te ajudam a facilitar a escolha do seu plano de saúde. É importante ficar atenta a todos os detalhes antes de assinar qualquer coisa. Ponha tudo na balança, necessidades, valor, enfim, tudo. Assim você saberá que está contratando algo que realmente está suprindo tudo aquilo que você precisa.

Mas não deixe contratar o seu plano de saúde, além de um investimento, é uma garantia que você tem para você e para sua saúde em qualquer eventualidade.



VOLTAR

Faça sua solicitação aqui