9 Dicas para escolher o plano de saúde empresarial

9 Dicas para escolher o plano de saúde empresarial

Entre os requisitos mais citados em uma entrevista, o plano de saúde empresarial sobressai nas negociações entre empregador e trabalhador. Por conta disso, ter uma assistência de saúde na sua empresa pode ser o diferencial para manter e atrair bons profissionais.

Ao mesmo tempo, é importante encontrar um convênio que atenda à demanda dos funcionários e não comprometa o caixa da empresa. Por isso, selecionamos algumas dicas para ter o melhor plano de saúde empresarial possível.

1- Entenda seus funcionários

Antes de ir atrás de um convênio médico, é importante entender as necessidades dos seus colaboradores. Trace um perfil de idade dos funcionários, quantos tem filhos e qual o local de moradia. Depois, elabore um rápido questionário com perguntas afim de encontrar as principais carências apontadas.

Para ganhar tempo, você pode espalhar um comunicado pelos locais mais utilizados como corredores, elevador, toalete, painel de avisos e e-mail. Depois, monte uma pesquisa virtual em plataformas como o Google, onde o colaborador poderá responder online.

Além de ganhar tempo, a plataforma consegue mensurar em dados as respostas iguais, facilitando na hora de escolher seu plano de saúde empresarial.

Também é importante avaliar a quantidade de funcionárias e dependentes do sexo feminino. Nesse caso, planos com maior cobertura de obstetras e cobertura ao pré-natal são requisitos básicos para o beneficiário.

2- Pontuação das operadoras

Nos últimos cinco anos, algumas operadoras faliram por má avaliação e contas não pagas. Para avaliar as melhores, entre no site da ANS, a Agência Nacional de Saúde Suplementar. A própria empresa apresenta uma vasta lista de operadoras com mais ou menos reclamações.

O site da ANS é um dos mais confiáveis, visto que a cada três meses, é divulgada uma lista com os planos que foram suspensos. É possível avaliar se a operadora mantinha um plano comercializado ilegalmente ou se não cumpria os prazos estipulados pela Agência.

Sites de reclamação também podem te ajudar a saber quais são os principais problemas.

3- Pergunte para quem tem um plano empresarial

A opinião do cliente é uma das melhores formas de conhecer realmente quais são os prós e contras da operadora. Pergunte à colegas de outras empresas ou até mesmo para quem tem um plano de saúde individual. Tire suas dúvidas e pergunte qual a avaliação que o usuário daria para a operadora.

4- Fique atento ao noticiário

Alguns planos de saúde sofrem intervenção do governo brasileiro por estarem com problemas nas finanças ou por estarem falindo.

Use o Google novamente ao seu favor. Digite o nome da operadora e entre na aba notícias. Lá, você consegue conferir se a empresa está prejudicada atualmente. Uma empresa que é boa pagadora de suas contas tende a não gerar problemas para seus clientes.

5- Atenção na qualidade

Muitas vezes, a operadora oferece um plano de saúde empresarial com um preço tentador. Entretanto, é sempre bom visar a qualidade e não a quantidade de descontos que é oferecido.

Não se esqueça, ao contratar uma operadora de má qualidade, sua empresa pode ser prejudicada por reclamações dos funcionários e até mesmo doenças não diagnosticadas por falta de profissionais credenciados ao plano.

6- Cobertura do plano de saúde empresarial

O valor cobrado pela operadora leva em conta alguns fatores, como: quantidade de funcionários que irão adotar o plano, idade, perigo na atividade exercida pelo beneficiário e cobertura influenciam no valor final.

Nesse ponto, você pode novamente recorrer à pesquisa respondida pelos colaboradores. Se a maior parte mora no mesmo município, não há necessidade de contratar um plano de saúde empresarial de abrangência internacional.

7- Contrato

Entenda o contrato da operadora. Se necessário, pergunte ao seu corretor de convênios suas dúvidas. Questões como período de carência, ou seja, a assinatura do contrato e a possibilidade do uso precisam devem ser informadas.

Outro aspecto a ser pensado a longo prazo é o índice de reajuste na mensalidade, que geralmente aumenta uma vez por ano. A porcentagem de reajuste do ano interior pode ser encontrada na internet ou com o corretor de convênio.

Um ponto a ser estudado é que a Agência Nacional de Saúde não limita uma porcentagem de aumento por ano, sendo definida exclusivamente pela operadora. Por isso, a pesquisa pode te ajudar a saber quais são os planos tem o maior índice de aumento anual.

Você também pode pedir para o departamento de Recursos Humanos monitorar o uso do plano de saúde empresarial. Para isso, é necessário requisitar na operadora um relatório de uso, onde é possível identificar gastos desnecessários e a quantidade de consultas disponíveis pelo contrato.

Saiba como a operadora calculou até chegar ao valor final. Muitas vezes, o plano de saúde inclui serviços no contrato que seus beneficiários não usam.

Algumas empresas também costumam dividir os gastos com o beneficiário. Por exemplo: o funcionário paga de dez a vinte por cento do valor total do convênio. Isso faz com que a própria família tenha bom senso na realização de consultas e exames.

8- Foque nos benefícios

Problemas de saúde podem prejudicar a rentabilidade da empresa e até mesmo diminuir o quadro de funcionários. Por isso, o empreendedor deve incentivar os colaboradores a utilizarem o plano de saúde empresarial realizarem exames de prevenção e consultas esporádicas.

Outra dica importante que pode melhorar a saúde de todos os colaboradores e ainda animar o ambiente de trabalho são orientações de exercício físico, alimentação saudável e programas que ajudem a diminuir o uso de nicotina e álcool.

9- Tenha um bom corretor

Uma boa agência de planos de saúde pode te ajudar nessa escolha. Você pode enviar todas as suas dúvidas sobre o plano de saúde empresarial para o e-mail fale@planosdesaudenacionais.com.br.

Um bom corretor pode livrar sua empresa de operadores com má reputação, reajustes abusivos ou má qualidade. Você também pode cotar o valor de diversas operadoras pelo site www.planosdesaudenacionais.com.br/blog onde é possível responder um questionário com o possível número de beneficiários da sua empresa e explicar quais são as necessidades dos funcionários.

Seu corretor irá ajudar em resolver a questão em menos tempo, afinal, tem um amplo conhecimento e pode escolher a operadora que irá atender todas as suas demandas!

Fontes:

http://revistamelhor.com.br/dicas-para-nao-errar-ao-escolher-o-plano-de-saude-empresarial/

https://drauziovarella.uol.com.br/geral/guia-para-escolher-seu-plano-de-saude-em-10-passos/

https://revistapegn.globo.com/Administracao-de-empresas/noticia/2017/02/como-contratar-plano-de-saude-para-os-funcionarios.html

https://www.askplanosdesauders.com.br/blog/2018/01/30/aprenda-escolher-o-plano-de-saude-empresarial/



VOLTAR

Faça sua solicitação aqui